20/03/2014

As minhas opções enquanto.... Mãe

No outro dia, em conversa com algumas colegas de trabalho, algumas sem filhos, pus-me a pensar nas minhas opções enquanto mãe.
Escolhi, pelo menos em relação à comida, seguir criteriosamente o que a pediatra me indica.
Tenho medo das alergias, dos problemas que hoje em dia surgem devido à comida basicamente.
Fervi água durante muito tempo para ele beber, esterilizei todos os dias os biberões e chuchas, não deixei durante muito tempo sequer provar outras coisas que não tivesse falado com a médica.
Escolhi ser basicamente mãe galinha.
Deixo-o andar livremente, mas sempre com um olho no burro e outro no cigano. Deixo-o mexer nos cães da avó paterna, mas claro com alguma precaução pois infelizmente perdem algum pelo e tenho medo de ele os engolir...
Quando foi das primeiras quedas corri que nem louca para o ver... agora vou desdramatizando, até porque ele é tão esperto e percebe como e quando pode fazer as suas birras...
Levei-o para o infantário logo ao fazer os 4 meses....
Nesta conversa senti-me um pouco triste e quiçá culpada. Pensei que as minhas opções tivessem feito dele a flor de estufa que ele é hoje em dia.
Será mesmo que errei assim tão drasticamente como mãe?
Será que as minhas opções enquanto Mãe provocaram que o meu pequeno não seja melhor do que é?

1 comentário:

  1. Fizeste o que achaste melhor e isso é que interessa em cada caso!

    ResponderEliminar