13/12/2014

Circo

Hoje fomos ao circo.
O J. Temia que a coisa não corresse bem, que o Afonso não parasse, mas o que é certo é que ele se portou maravilhosamente bem.
Só começou a ficar irrequieto mesmo no final e ficou muito sério a ver os animais.
Adorei a experiência e apesar de saber que ele não se vai lembrar,  espero que ele tenha gostado tanto quanto eu.
Como está crescido o meu menino!

26/11/2014

Natal

O Natal chegou cá a casa.
Este ano ainda mais especial, pois o Afonso quis participar.
Pôs a estrela e a árvore foi decorada com renas, pais natais, bonecos de neve,...
Ele além da estrela quis pendurar os outros bonecos.
Agarrava nas renas e dizia: "mamã, memé qui?"
<3

06/11/2014

22 meses

Com a azáfama que tem andado a minha vida, nem coloquei aqui o post sobre os 22 meses do meu Afonso!!!
22 senhoras e senhores!
O tempo voou!!! 
Não fala maravilhas, muita coisa ainda é "afonsês" como eu lhe chamo, mas já há muita que se percebe bem, como: nã qué, cão, gato, óó, pára, papa, pai, mãe, avó, avô, popó, cócó, pilinha, água e outras tantas. Atenção! Vendo assim, ele até fala muito, mas não nem tudo se percebe!
Está literalmente um safado. Mimo a mais é o que é. Mas, se não o mimar a ele vou mimar quem? 
Continua a não gostar de ser contrariado, mas temos pena que a vidinha ainda não é como ele quer!
Com isto tudo quero dizer que ele está muito crescido, demasiado crescido.
Já começa até a perder aquele ar de bebé....
Já começo a ter muitas saudades dele, principalmente do que perdi. 
Está aqui está a fazer os dois aninhos.... Onde se pede para o tempo passar devagar?!

30/10/2014

Porque às vezes é preciso dizer basta!

Esta semana aconteceram algumas coisas que me fizeram pensar na minha vida. Ou melhor, por outras palavras, abrir literalmente a pestana!
Porque às vezes é preciso coisas destas para percebermos que é preciso dar o passo ou mesmo arregaçar as mangas e lutar.
Parece que ultimamente este tipo de coisas têm sido recorrentes na minha vida, mas se calhar é um sinal que preciso de erguer a minha cabeça e ir em frente.
Pode ser que o meu futuro me esteja a sorrir. 
Porque é o momento de dizer basta!

27/10/2014

Isto há coisas

Que nos fazem pensar muito na vida.
Perguntas que às vezes nos fazem duvidar.
Há coisas, decisões, que gostaria de facto de mudar. 
E penso e penso.
Isto porque há coisas que mexem muito connosco.

20/10/2014

O mas

Porque é que tudo o que é bom traz sempre (ou quase sempre) um mas atrás?
Estoj tão feliz pela adição do gatinho cá em casa, mas estou com receio de que o miúdo seja alérgico,  além de que o Teko parece meio adoentado (ou será a nossa ausência? ).... =(

06/10/2014

Por cá

O fim de semana foi difícil mas bom. 
Foi difícil sentimentalmente. O pai do J. fez 2 anos que faleceu. 2 anos que literalmente voaram! 
Mas foi bom porque o meu filho está um crescido e começa a ganhar laços com outras crianças que infelizmente só vê de 15 em 15 dias. 
Foi bom porque vamos acrescentar um elemento  à família. Ao fim de 4 anos de vida conjugal, a pedir um animal de estimação ao J., consegui finalmente chegar ao seu coração. Esta semana vamos buscar um gatinho.
Foi bom porque no meio da minha insanidade daqueles dias de mulher, decidi que tenho de deixar as boas intenções para trás e passar mesmo à ação! Tenho mesmo que no meio do meu dia a dia louco, arranjar tempo para mim. Estou desleixada.
Foi bom porque o meu filho parece ter ouvido que fiquei triste por não saber brincar com ele e agora ele vai-me buscar todos os dias, para me sentar com ele e brincarmos juntos. Lá da maneira dele, procura incentivar-me com todos os brinquedos a passarmos mais tempo juntos.
Foi bom porque o sol vai brilhando todos os dias na nossa vida, apenas porque não desistimos.